17.1 – SAUDAÇÃO A ABALUAÊ

ABALUAÊ O TERREIRO É DO SENHOR
ABENÇOAI SEUS FILHOS QUE LHE TÊM TÃO GRANDE AMOR…
BALUAÊ, BALUAÊ
ABALUAÊ É O REI NESSE CONGÁ

17.2 – SE VER UM VELHO NO CAMINHO

ATOTÔ BALUAÊ … ATOTÔ BABÁ …
ATOTÔ BALUAÊ … ATOTÔ É ORIXÁ …
SE VER UM VELHO NO CAMINHO PEDE A BENÇÃO …
SE VER UM VELHO NO CAMINHO PEDE A BENÇÃO …
PENSANDO EM DEUS … PENSANDO EM DEUS …
PENSANDO EM DEUS … BALUAÊ …
PENSANDO EM DEUS …

17.3 – ABALUAÊ … MEU ATOTÔ

ABALUAÊ … MEU ATOTÔ …
ABALUAÊ … É UM ORIXÁ …
QUE VEM NAS ONDAS DO MAR …

17.4 – AÊ OLUBAJÉ, OLUBAJÉ AJEUMBÓ

AÊ OLUBAJÉ
OLUBAJÉ, AJEUMBÓ } BIS
OLUBAJÉ AJEMURÁ Ê

17.5 – ELE É UM GRANDE ORIXÁ

ELE É UM GRANDE ORIXÁ
ELE CHEGOU PRA NOS SALVAR
(ELE É O CHEFE DA CALUNGA)
ELE É MEU ATOTÔ, ABALUAÊ } BIS

17.6 – NO DIA DE HOJE ESTOU LOUVANDO

NO DIA DE HOJE ESTOU LOUVANDO
AO GRANDE ORIXÁ QUE AQUI CHEGOU
TRAZENDO A PAZ E A CURA
PROS NOSSOS MALES COM MUITO AMOR
ATOTÔ, ATOTÔ, ATOTÔ BALUAÊ
ATOTÔ, ATOTÔ, GRANDE ORIXÁ AQUI CHEGOU

17.7 – GRANDE PAI, GRANDE PAI

GRANDE PAI, GRANDE PAI
LIVRAI-NOS DA SEDE, DA PESTE, DA FOME
GRANDE PAI, GRANDE PAI
VELHO ORIXÁ HOJE VIM LOUVAR TEU NOME
ATOTÔ, ATOTÔ BALUAÊ
COM A SUA DANÇA, ESPALHA SEU PODER
ATOTÔ, ATOTÔ BALUAÊ
VENHA NOS SALVAR OH…… VENHA NOS VALER

17.8 – SALVE O VELHO ORIXÁ

ABALUAÊ
SALVE O VELHO ORIXÁ, ELE É ABALUAÊ….
SALVE O VELHO ORIXÁ, ATOTÔ BALUAÊ
VAMOS TODOS SARAVÁ, ATOTÔ BALUAÊ

17.9 – MEU PAI ABALUAÊ É UM GRANDE ORIXÁ

MEU PAI ABALUAÊ É UM GRANDE ORIXÁ …
MEU PAI ABALUAÊ QUE VEM NOS AJUDAR …
COM AS BENÇÃOS DE OXALÁ E
AS FORÇAS DE ALTO MAR …
COM AMOR E PROTEÇÃO …
SEUS FILHOS VEM CURAR.

17.10 – NA VELHA MINA

NA VELHA MINA, NAQUELE MONTE
ABALUAÊ MEU VELHO PAI
ELE É CURADOR, ELE É REZADOR
ELE É SAMPANÃ, ELE VEM PRA NOS GUIAR

DESPEDIDA

17.11 – QUANDO O GALO CANTA

QUANDO O GALO CANTA ….
FILHO DE PEMBA CHORA … } BIS
ADEUS … ADEUS …. ADEUS …..
ABALUAÊ JÁ VAI EMBORA … } BIS