16.1 – SAUDAÇÃO A XANGÔ

XANGÔ O TERREIRO É DO SENHOR
ABENÇOAI SEUS FILHOS QUE LHE TÊM TÃO GRANDE AMOR…
CAÔ XANGÔ, CAÔ XANGÔ
XANGÔ É O REI NESSE CONGÁ

16.2 – MEU PAI XANGÔ ESTA NO REINO

MEU PAI XANGÔ ESTÁ NO REINO …
MEU PAI XANGÔ É O ORIXÁ …
OLHA, TEUS FILHOS LHE CHAMAM… MEU PAI
ABENÇOAI ESTE CONGÁ …
BATE CABEÇA, FILHOS DE FÉ …
E PEDE A PAI XANGÔ O QUE QUISER …

16.3 – AI QUEM TE CHAMA

AI QUEM TE CHAMA …
É REI DE UMBANDA …
XANGÔ ! CAÔ, CABECI …
XANGÔ, AGODÔ E ALAFIM …

16.4 – TAVA SENTADO NA PEDREIRA

TAVA SENTADO NA PEDREIRA
CONVERSANDO COM XANGÔ
ELE DISSE A SUA MANEIRA
SÓ SE VENCE COM AMOR
COM AMOR SE PRATICA A CARIDADE
COM AMOR SE ALIVIA OS CORAÇÕES
COM AMOR SE CONHECE A VERDADE
E O AMOR SÓ NOS TRAZ SATISFAÇÃO

16.5 – QUANDO A LUA APARECE

QUANDO A LUA APARECE
LEÃO DA MATA RONCOU
A PASSARADA ESTREMECE
COBRA CORA PIOU, PIOU, PIOU
COBRA CORAL PIOU
SALVE O POVO DE GANGA Ê
CHEGOU SEU REI DE UMBANDA
SARAVA MEU PAI XANGÔ

16.6 – FILHO DA PEDREIRA – CABOCLO LAJE GRANDE

CABOCLO FILHO DA PEDREIRA
LÁ DA CACHOEIRA, VEM OS SEUS FILHOS GUIAR
FIRMA SEU PONTO CABOCLO
QUANDO NA UMBANDA CHEGA
O SEU LAJE GRANDE É O CHEFE DO CONGÁ

16.7 – QUE LINDO BRADO – CABOCLO LAJE GRANDE

QUE LINDO BRADO EU OUVI NAQUELA ALDEIA
NAQUELA ALDEIA NUMA NOITE DE LUAR
ERA UM CABOCLO QUE VINHA CHEGANDO
FILHOS DE PEMBA VAMOS TODOS SARAVÁ
MAS ELE VEIO NO CLARÃO DA LUA
ILUMINADO POR PAI OXALÁ
ELE É XANGÔ, ELE É GUERREIRO
ELE É LAJE GRANDE, É O REI DESTE CONGÁ

16.8 – MEU PAI NA UMBANDA

XANGÔ, MEU PAI NA UMBANDA
VEM DE ARUANDA ELE É MEU ORIXÁ
DO ALTO DE UMA PEDREIRA
ELE FAZ JUSTIÇA PRA SEUS FILHOS AJUDAR
XANGÔ NA SUA ALDEIA
NÃO HÁ MALDADE, SÓ O AMOR PODE REINAR
TU ME ENSINASTE A FAZER A CARIDADE
E PELA TERRA A UMBANDA EXALTAR
MEU PAI COM SUA MACHADA
ELE NÃO ATACA É SÓ PARA ME GUARDAR
E NO SEU LIVRO ELE ESCREVE O MEU DESTINO
MEU PAI XANGÔ, ILUMINA MEUS CAMINHOS
ELE É XANGÔ…KAÔ…KAÔ
VENCEDOR DE DEMANDA
ELE É MEU PROTETOR

16.9 – SOMOS FILHOS DE UMBANDA

SOMOS FILHOS DE UMBANDA
COM A PROTEÇÃO DE XANGÔ
VIVEMOS PRA CARIDADE OFERTANDO
NOSSO AMOR
NOSSOS GUIAS NOS PROTEGEM…
DANDO FIM A NOSSA DOR
SOMOS FILHOS DE UMBANDA
COM A PROTEÇÃO DE XANGÔ
PRATICAMOS NO TERREIRO…
A MAIS PURA CARIDADE
TRABALHANDO O ANO INTEIRO…
HAVENDO AMOR E VERDADE
SOMOS FILHOS DE UMBANDA
COM A PROTEÇÃO DE XANGÔ
VIVEMOS PRA CARIDADE OFERTANDO
NOSSO AMOR
NOSSOS GUIAS SÃO VALENTE…
E DERRUBAM TODO MAL
ENTRE NÓS ESTÉ PRESENTE O
AMOR CELESTIAL

16.10 – XANGÔ MEU PAI

XANGÔ, MEU PAI…
DEIXA ESSA PEDREIRA AÍ …
A UMBANDA ESTÁ LHE CHAMANDO …
DEIXA ESSA PEDREIRA AÍ …

16.11 – ESTAVA DORMINDO SOBRE AS PEDRAS

ESTAVA DORMINDO SOBRE AS PEDRAS …
QUANDO NAZARENO ME CHAMOU …
ACORDA … QUE ESTÁ NA HORA …
E VEM OUVIR O LINDO BRADO DE XANGÔ …

16.12 – QUEM ROLA PEDRA

QUEM ROLA PEDRA NA PEDREIRA É XANGÔ … } BIS
ARRIOU NA COROA DE ZAMBI…
ARRIOU NA COROA DE ZAMBI…
ARRIOU NA COROA DE ZAMBI…
É XANGÔ …

16.13 – SUA MACHADA É DE OURO

SUA MACHADA É DE OURO …
É DE OURO É …
MACHADINHA QUE CORTA MIRONGA,
É MACHADINHA DE XANGÔ …

16.14 – LÁ DE TRÁS DAQUELA SERRA

LÁ DE TRÁS DAQUELA SERRA …
TEM UMA LINDA CACHOEIRA …
É DE MEU PAI XANGÔ …
QUE ARREBENTOU SETE PEDREIRAS …

16.15 – XANGÔ MORA NAS PEDREIRAS

XANGÔ… MORA NAS PEDREIRAS …
AONDE O ROUXINOL VAI LHE AGRADAR …
OLHA QUE PEDREIRA TÃO LINDA …
QUE OXALÁ ABENÇOOU …
OLHA OS SEUS FILHOS TE CHAMAM…
SARAVÁ, MEU PAI XANGÔ …

16.16 – SE UM DIA JOÃO BATISTA

SE UM DIA JOÃO BATISTA FOR XANGÔ
QUE MARCOU O MEU DESTINO ATÉ O FIM …
SE UM DIA MINHA FÉ SE ACABAR …
OH! MEU SENHOR …
QUE ROLE ESTAS PEDREIRAS SOBRE MIM….

16.17 – XANGÔ MORREU COM A IDADE

XANGÔ MORREU COM A IDADE ….
SENTADO EM UMA PEDRA ….
ELE ESCREVEU A JUSTIÇA …
QUEM DEVE PAGA …
QUEM MERECE RECEBE …

16.18 – REI DA JUSTIÇA

XANGÔ MORREU COM A IDADE ….
ELE ESCREVEU NUMA PEDRA ….
QUE ELE É O REI DA JUSTIÇA …
QUEM DEVE PAGA …
QUEM MERECE RECEBE …

16.19 – SENTADO NA PEDREIRA (AS JURAS..)

SENTADO NA PEDREIRA DE XANGÔ …
EU FIZ UM JURAMENTO ATÉ O FIM …
SE UM DIA SE QUEBRAR … AS JURAS AO SENHOR …
QUE ROLE AS PEDREIRAS SOBRE MIM ..

16.20 – SENTADO NA PEDREIRA (MINHA FÉ..)

SENTADO NA PEDREIRA DE XANGÔ …
EU FIZ UM JURAMENTO ATÉ O FIM …
SE UM DIA A MINHA FÉ SE ACABAR…
OH! MEU SENHOR …
QUE ROLE AS PEDREIRAS SOBRE MIM ..

16.21 – BATI A CABEÇA
BATE A CABEÇA PRÁ MEU PAI XANGÔ
QUE LÁ DA PEDREIRA ME ABENÇOU
MEU PAI XANGÔ É CHEFE DA PEDREIRA
ELE VEM DE ARUANDA PARA NOS GUIAR
COM SUAS MÃOS DE MISSÃO JUSTICEIRA
FILHOS DE FÉ SARAVÁ PAI XANGÔ
SARAVÁ

16.23 – ELE BRADOU NA ALDEIA

ELE BRADOU NA ALDEIA
BRADOU NA CACHOEIRA
EM NOITE DE LUAR
DO ALTO DA PEDREIRA
VAI FAZER JUSTIÇA
PRA NOS AJUDAR BIS
ELE BRADOU NA ALDEIA
KAO, KAO
E AQUI VAI BRADAR
KAO, KAO
ELE É XANGÔ DA PEDREIRA
ELE NASCEU NA CACHOEIRA
LA NO JUREMÁ

16.24 – XANGÔ MENINO

DA PEDREIRA VEM
XANGÔ MENINO É REI
XANGÔ MENINO
ROUXINOL CANTOU } BIS
PARA SALDAR XANGÔ
XANGÔ MENINO
XANGÔ MENINO

16.25 – NA BEIRA DO CARIRÍ

NA BEIRA DO CARIRI …
EU VI XANGÔ ASSENTADO …
COM YEMANJÁ E OXUM …
E SANTA BÁRBARA AO SEU LADO …
OI, NA BEIRA DO CARIRI …

PONTO CRUZADO XANGÔ/OGUM

16.26 – NAS SUAS MATAS TEM CACHOEIRINHA

MEU PAI XANGÔ É REI LÁ NAS PEDREIRAS …
TAMBÉM É REI CABOCLO DA CACHOEIRA …
NA SUA ALDEIA TEM OS SEUS CABOCLOS …
NAS SUAS MATAS TEM CACHOEIRINHAS …
O SEU SAIOTE TEM PENA DOURADA …
SEU CAPACETE BRILHA NA ALVORADA …

16.27 – XANGÔ OLHA OGUM ORIRÁ

XANGÔ … OLHA OGUM, ORIRÁ … } BIS
É SANTA BÁRBARA … RAINHA DO JACUTÁ … } BIS

16.28 – NO ALTO DE UMA CACHOEIRA

NO ALTO DE UMA CACHOEIRA
OUVI O BRADO DE XANGÔ
CHAMANDO OGUM PARA JURAR BANDEIRA
E PROTEGER A SUA PEDREIRA

16.29 – DIZEM QUE XANGÔ

DIZEM QUE XANGÔ … MORA NAS PEDREIRAS …
MAS NÃO É LÁ … SUA MORADA VERDADEIRA …
ELE MORA NUMA CIDADE DE LUZ …
ONDE MORAM SANTA BÁRBARA,
OXUM-MARÊ E JESUS …

16.30 – CACHOEIRA DA MATA VIRGEM

CACHOEIRA DA MATA VIRGEM …
ONDE MORA MEU PAI XANGÔ …
PEDRA ROLOU, NANÃ-BOROQUÊ …
PEDRA ROLOU, SARAVÁ PAI XANGÔ…

16.31 – SE XANGÔ É SEU PAI

SE XANGÔ É SEU PAI… VAI LHE DAR PROTEÇÃO } BIS
EM SUA DEFESA… TEM A PEDREIRA
E PARA LHE GUARDAR… TEM O LEÃO
SE UM FILHO LHE CHAMA: XANGÔ… SOB O SOL, SOB A LUA
PODE TER A CERTEZA… A VITÓRIA É SUA…
KAÔÔÔ… SAUDA SEU PAI XANGÔ…
ELE ENTROU NO TERREIRO, ELE É PAI JUSTICEIRO

DESPEDIDA

16.32 – O REI JÁ SARAVOU

O REI JÁ SARAVOU
MALÊME MEU PAI XANGÔ
XANGÔ JÁ SARAVOU
ADEUS MEU PAI XANGÔ
XANGÔ JÁ SARAVOU
CAÔ MEU PAI XANGÔ